Saindo da mesmice, trouxe para vocês uma entrevista quentinha que tenho certeza, vai te ajudar com o mundo de tecnologia. Venha conferir esse super entrevista o qual teve muito focos mas principalmente desenvolvimento.

E aproveitando, se tiver interesse de participar de uma entrevista conosco, nos procure no formulário de Contato. Será um máximo, ajudar mais e mais pessoas com sue depoimento.

Vamos começar pelo seu nome e sua idade, não é mesmo?

Eu sou Richard e tenho 35 anos

E sua formação?

Sou formado em Análise e desenvolvimento de sistemas. Eu comecei com Sistemas de informação e depois mudei para este outro curso para concluir a graduação.

E aí, nos conte qual foi seu primeiro contato com tecnologia?

Bem, ampliando os horizontes de o que é contato com tecnologia eu diria que foi com o primeiro videogame que tive.

Na época foi um console da CCE com o sistema Atari que ganhei da minha vó.

Em meados dos anos 2002/2003 eu tive acesso ao meu primeiro computador. Na época era um processador AMD socket am1 com 128 RAMe HD 20GB Windows ME.

Após alguns meses, fiz um curso de informática onde estudei o básico sobre Windows e os aplicativos de escritório: Word, Excel, Power Point e Access.

Lembro que nessa época não me interessei muito em aprender sobre tecnologia. O computador servia como uma "máquina de escrever moderna" era a impressão que eu tinha ao usar essas ferramentas.

O que realmente atraia era navegar pela internet, mesmo sendo via conexão discada por muito tempo. Nessa época a web era muito diferente do que temos hoje, conteúdos em vídeo, áudio e afins não eram viáveis.

Qual sua experiência em TI e cargo e setor que atuou?

Atualmente eu atuo como analista de sistemas PHP no EB (Exército Brasileiro). Já trabalhei como suporte de ti antes de atuar como desenvolvedor, esta foi a minha porta de entrada para trabalhar com tecnologia. Em 2012 na busca contínua por uma vaga na área de desenvolvimento de software, eu consegui um estágio como programador na Hostnet.

Esta foi a oportunidade de conhecer e aprender o trabalho de um desenvolvedor de sistemas. Após 6 meses, fui contratado como trainee e depois como júnior. Foram 8 anos trabalhando tanto com frontend/backend. Sou muito grato por todos os anos que trabalhei por lá. Além de atuar como desenvolvedor de software e aprender muito sobre a área e desenvolver minha carreira, fiz boas amizades com os colegas de equipe.

A Stack de tecnologias que utilizei na Hostnet era composta por:
PHP, JS/JQUERY, HTML/CSS, banco de dados Mysql versionamento com Git/GitLab

Sabemos que resolver problemas não é fácil. Mas e para você, como você se vira para resolver os problemas?

Em problemas técnicos eu procuro buscar soluções em tutoriais, fóruns (stack overflow aquele site que salva você na maioria das dúvidas técnicas). Também gosto de pesquisar conteúdos em inglês pois sempre tem um número maior de opções. Às vezes busco soluções com colegas de profissão e conselhos para resolver um problema.

Nem todo mundo pensou que um dia cairia no mundo de TI. Se você não trabalhasse com TI, o que gostaria de estar  fazendo?

Bom... Já pensei em fazer algumas outras coisas como trabalhar com ilustração/desenho. (Eu costumava desenhar quando criança e na minha adolescência dedicava bastante tempo a isso).

Trabalhar com música e até ser professor karatê.

São as coisas que gostaria de trabalhar.

O que te atraiu na área de TI?

Bom, a tecnologia permite você dar soluções melhores a problemas do nosso cotidiano. A possibilidade de desenvolver soluções e facilitar a nossa vida por meio de um sistema ou até mesmo de um dispositivo. A área de TI é capaz de servir a todas as outras, melhorando processos e também simplificando tarefas.

Gostamos SIM de conselhos. Mas nos conte, a primeira coisa que você queria que tivessem te contado sobre a área de Ti?

Cuidado com os hypes tecnológicos e procure aprender bem a base dos assuntos em computação.

Todo mundo vice falando de Soft kills. Mas e para você, quais as habilidades que você considera importante para um profissional de TI?

1 Conhecimento técnico da área de atuação;
2 Saber pesquisar e buscar ajudas;
3 Conhecimento em inglês para leitura, escrita e fala também tornam se diferenciais para o profissional de qualquer área e;
4 Aprimorar suas habilidades interpessoais: relacionamento com colegas de equipe, comunicação, liderança, gestão de tempo e outras.

Eu gosto muito de pesquisar em sites para me manter atualizada. Nos conte quais sites, blogs ou fóruns que você acompanha regularmente?

Atualmente eu acompanho alguns desenvolvedores via twitter e LinkedIn.

Tem algum perfil de profissionais da tecnologia que gosta de acompanhar?

Fabio Akita @AkitaOnRails
Henrique Bastos @henriquebastos
Gabriel Ferreira @o_gabsferreira
Diana Arnos @dianaarnos

E Podcast?

hipsters.tech
Dev Na estrada

Nos deixe alguns Fóruns/sites para ajudar que está começando?

Stackoverflow o melhor fórum que conheço para auxílio técnico agora tem a versão em pt-br.
Tecmundo portal de notícias de tecnologia
Olhardigital portal de notícias de tecnologia
freecodecamp.org Muito conteúdo bom em tecnologia desde programação e infraestrutura.(o site é em inglês)

Quais suas referências e inspiração?

Os criadores da Caelum por investirem no ensino de tecnologia.
Rasmus Lerdoff Criador da linguagem php.
Stephen King Escritor (não é um profissional de TI, mas sua história e dedicação são de grande inspiração).

Nos conte, os conhecimento essenciais necessário para a área de atuação em Ti?

Lógica de programação;
Orientação objetos;
Modelagem de dados;
Padrões de projeto;
Saber pesquisar soluções;
Perseverança e
Conhecimento do inglês (leitura é essencial)

Tem mais coisas, mas essas oferecem a base para desenvolvimento de software.

Deixe seu recado para os novos ingressantes na área de ti e sobre as dificuldades da área:

Persevere e tenha paciência. Em geral, ninguém fica bom em alguma área da noite para o dia. Tornar-se um bom profissional exige de nós muita dedicação e tempo. Às vezes nos comparamos com pessoas que já estão a bastante tempo e podemos pensar que aquela pessoa nasceu com uma mente privilegiada... e não vemos a caminhada que aquele profissional trilhou para estar onde ele chegou. Investir em conhecimento e também nas habilidades relacionais e interpessoais são importantes para o nosso crescimento profissional e pessoal.

 

Pessoal, segue as redes do Richard se você quiser falar diretamente com ele:

Linkedin 

Blog

Github

Twitter

 

Espero que tenha curtido! Nos mande mensagem no direct e se quiser mande sua história também.

IG Ehmuitodrama